Área do Usuário
   Portal da Transparência
Acessibilidade
A+
A-
Contraste
Retornar acessibilidade
  1. Home
  2. Notícias
  3. Geral
Geral

Jardinete inaugurado na capital paranaense eterniza nome da Professora Clotilde


Publicado em: 10/09/2019 15:45 | Fonte/Agência: CRMV-PR | Categoria: Geral

 


“As pessoas, quando são lembradas, têm a permanência de sua memória. O poeta mexicano Octávio Paz disse que ‘os mortos morrem duas vezes’, quando morrem e quando todos esquecem o seu nome”, foi com essas palavras que o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, eternizou o nome da professora Clotilde de Lourdes Branco Germiniani nesta segunda-feira, 9 de setembro, ao inaugurar um Jardinete em sua homenagem. Para abrilhantar ainda mais a tarde ensolarada, a inauguração contou com trilha sonora da banda Lyra Curitibana.

Localizado no bairro Bacacheri, em frente ao nº 2302 da Rua Nicarágua, o jardim carrega a memória da gaúcha Clotilde na cidade que escolheu para viver e criar sua família. “Professora Clotilde, nossa homenageada por merecimento e reconhecimento, tem o seu nome escrito na história da medicina veterinária do Paraná e do Brasil. Mesmo ausente, é fonte de inspiração para o nosso caminhar e para as futuras gerações”, destacou Paulo Alfredo Miranda, presidente da Academia Paranaense de Medicina Veterinária.

Primeira e mais jovem mulher catedrática no Brasil, dedicou sua vida à formação de inúmeros e ilustres médicos veterinários. Entre eles o ex-governador Orlando Pessuti, que fez questão de comparecer à cerimônia: “é com muita alegria que estou aqui hoje para esta homenagem. Fui seu aluno na universidade e sua presença me marcou muito, pois Clotilde era muito mais que professora, era cidadã”.

Sentimento compartilhado pelo presidente do CRMV-PR, Rodrigo Távora Mira, também seu aluno no curso de medicina veterinária da Universidade Federal do Paraná (UFPR). “O sentimento que tenho é de gratidão como médico veterinário e como cidadão, pois a professora Clotilde teve contribuição única. É muito raro um ser humano com tantas virtudes”, declarou.

Além da medicina veterinária
Sua participação no crescimento da medicina veterinária brasileira e paranaense é imensurável, mas Clotilde era conhecida e reconhecida também por sua atuação marcante em outras áreas, especialmente na cultura. Para a vereadora Julieta Reis, propositora da homenagem, “Clotilde foi uma personagem muito importante para Curitiba. Uma pessoa muito interessada na arte, cultura e nas coisas da cidade. Uma pessoa que, além de catedrática da medicina veterinária, era uma catedrática da vida, porque era incansável”.

O vereador Bruno Pessuti, que auxiliou na composição do projeto para denominação de Clotilde em logradouro da capital, acredita que a homenagem é também obra do destino. “O universo conspirou para que hoje nós estivéssemos aqui. Quando imaginaríamos que Curitiba, uma cidade com tantos espaços públicos, um jardinete tão lindo quanto este ainda carecia de uma nominação. Isso representa a mensagem da dedicação e da luta que ela fez em todas as áreas”, destacou.

Galeria

Voltar
Top