Área do Usuário
   Portal da Transparência
Acessibilidade
A+
A-
Contraste
Retornar acessibilidade
  1. Home
  2. Notícias
  3. Educação
Educação

CRMV-PR reforça abertura à zootecnia em seminário de coordenadores


Publicado em: 03/12/2018 11:30 | Fonte/Agência: CRMV-PR | Categoria: Educação

 


A Comissão de Educação em Zootecnia (CEEZ) do CRMV-PR reuniu na última sexta-feira (30), em Curitiba, os coordenadores de zootecnia do Paraná para um seminário voltado à reforma curricular.

O diretor Carlos Grubhofer aproveitou a oportunidade para reforçar que a Autarquia está aberta aos profissionais de zootecnia. “O CRMV-PR é a nossa casa, a casa dos zootecnistas. Precisamos passar aos acadêmicos esse sentimento de pertencimento porque estamos trabalhando para fortalecer a zootecnia em todas as suas áreas”, afirmou.

Um dos principais pontos de discussão foi a importância de divulgar aos novos profissionais as diferentes áreas da responsabilidade técnica nas quais podem atuar. O zootecnista Fábio Cortez Leite, da Comissão de Estudos sobre a Responsabilidade Técnica, apresentou alguns dados interessantes.

De acordo com o levantamento, atualmente 83 zootecnistas possuem 105 ARTs homologadas junto ao CRMV-PR: 50% delas estão concentradas nas áreas de ração (34) e indústria de alimentos para animais (19). No entanto, há ARTs homologadas em estabelecimentos diversos, como laticínio, piscicultura, pet shop, supermercado, apicultura, bovinocultura, entre outros.

“Somos uma categoria privilegiada, que está em um seleto rol de profissões com áreas privativas de atuação. Precisamos ter orgulho disso”, destacou.

A presidente da Comissão Nacional de Educação em Zootecnia (CNEZ) do CFMV marcou presença no evento e ressaltou a importância de fortalecer a categoria e as discussões curriculares. Segundo Ana Cláudia Ambiel, “as regiões Norte e Sul são as mais bem articuladas com relação à zootecnia e servem de exemplo para o Brasil. São momentos de integração como este que permitem fazermos o elo de ligação do CFMV com os regionais e os profissionais”.

O evento, que contou com a participação de coordenadores de universidades do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, também teve espaço destinado à discussão da curricularização da extensão.

Para a zootecnista Verônica Vianna, presidente da CEEZ, o debate e a troca de experiências de coordenadores trazem grande aprendizado. “Precisamos estar juntos para trabalhar nos diversos desafios da formação acadêmica. Este trabalho de levantamento nos traz a possibilidade de estruturar e promover uma revisão curricular”, finalizou.

Galeria

Voltar
Top