Área do Usuário
   Portal da Transparência
Acessibilidade
A+
A-
Contraste
Retornar acessibilidade
  1. Home
  2. Notícias
  3. Geral
Geral

CRMV-PR faz reestruturação administrativa para oferecer atendimento mais eficaz


Publicado em: 05/07/2018 09:48 | Categoria: Geral

 


O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Paraná (CRMV-PR) anunciou nesta quinta-feira (05) mudanças em procedimentos internos para oferecer um atendimento mais eficaz aos profissionais, empresários e à sociedade paranaense.

Com foco na modernização e reestruturação administrativa, a diretoria executiva do CRMV-PR vem trabalhando desde o ano passado para entender quais mudanças seriam necessárias para otimizar os recursos e reduzir a burocracia nos serviços prestados. Após estudo sobre as delegacias regionais abordando pontos como despesas, produtividade e estrutura física, elaborou o plano de padronização e descentralização.

“Como instituição pública, devemos prezar pelo bom uso dos recursos humanos, financeiros e administrativos de que dispomos. Estas mudanças são importantes para que possamos otimizar os serviços prestados e alinhar nossas ações à nossa missão institucional”, ressalta Leonardo Nápoli, secretário-geral do CRMV-PR.  

Padronização

A primeira mudança é na nomenclatura: as Delegacias Regionais passam a ser Unidades Regionais de Atendimento (URAs) e os Delegados Regionais se tornam Assessores Regionais. A alteração tem como objetivo alinhar a nomenclatura à atividade executada.

A infraestrutura física das URAs foi outro ponto analisado. Com base nos princípios de eficiência, isonomia e economicidade, optou-se por readequar o tamanho dos locais de atendimento às necessidades da administração, reduzindo os espaços ociosos. Os locais contarão também com padronização de mobiliário, acessibilidade e identidade visual.

Descentralização


Quanto aos procedimentos administrativos, a Autarquia observou que, embora apenas 25% dos profissionais e empresas registrados estejam localizados em Curitiba e região, a Sede foi responsável por 86% dos processos gerados no último ano.

Para reduzir a burocracia e a sobrecarga de trabalho da Sede, o CRMV-PR avaliou quais processos administrativos poderiam ser realizados pelos colaboradores do interior. Com o repasse das atividades, espera-se que processos de registro, fiscalização e responsabilidade técnica se tornem mais céleres.

Reestruturação da fiscalização


A reestruturação da fiscalização também integra a série de mudanças administrativas. Nesta área houve a preocupação em intensificar as atividades com o desenvolvimento e a implementação de uma estratégia de fiscalização, planejamento das viagens realizadas pelos fiscais, o aumento do número de fiscalizações conjuntas com demais órgãos e uma metodologia de fiscalização elaborada pelos médicos veterinários da Autarquia.


Voltar
Top ;