Área do Usuário
   Portal da Transparência
Acessibilidade
A+
A-
Contraste
Retornar acessibilidade
  1. Home
  2. Notícias
  3. Comissões
Comissões

CRMV-PR reúne especialistas para discutir febre amarela em webinar


Publicado em: 10/06/2019 08:10 | Fonte/Agência: CRMV-PR | Categoria: Comissões

 


A Comissão de Saúde Única (CESU) do CRMV-PR realizou a segunda transmissão ao vivo do ano na última sexta-feira (07), desta vez para falar sobre febre amarela. O encontro contou com a presença do médico clínico e sanitarista Alceu Bisetto, da Secretaria Estadual de Saúde (SESA-PR), e da médica veterinária Cassiana Dahke, da prefeitura de São José dos Pinhais-PR. A mediação foi de Walfrido Kühl Svoboda, integrante da CESU.

De acordo com dados apresentados por Alceu Bisetto, nos últimos dois anos a febre amarela registrou uma alta taxa de mortalidade em humanos, em média de 40% a 45%. A doença é uma virose grave que causa infecção geral no organismo, mas que se localiza, predominantemente, no fígado, sendo de rápida evolução. Sua transmissão se dá por vetores e o melhor método de prevenção é a vacina.

A febre amarela se manifesta em dois ciclos: silvestre e urbano. “A primeira é a transmissão de uma doença que está no ciclo zoonótico dos animais silvestres, principalmente em antropoides não humanos. Já a segunda seria a transmissão do homem doente ao homem doente através de um outro mosquito”, explica o clínico.

A médica veterinária esclarece que a morte dos macacos é um aviso de que o vírus está presente na região. “Devemos evitar que ele seja alvo de agressão e de morte. Algumas pessoas confundem o papel do macaco e acham que, eliminando o animal, eliminam a doença. Ele é a vítima”, enfatiza Dahke.

Confira o bate-papo na íntegra:

 


Voltar
Top